A glândula tireoide se localiza na região anterior do nosso pescoço, abaixo do famoso Pomo de Adão. Ela tem o formato de borboleta, e consiste em uma das principais glândulas com a função de atuar na regulação do nosso metabolismo.

Dessa forma, ela influencia diretamente a maneira como o nosso corpo armazena e utiliza a energia. Além disso, a tireoide também produz os hormônios T3, ou triiodotironina, e T4, ou tiroxina. Eles atuam, principalmente, na regulação de vários processos do metabolismo humano.

Descubra 10 coisas que você precisa conhecer sobre a tireoide - TIREOIDE: 10 COISAS QUE VOCÊ PRECISA CONHECER

Descubra 10 coisas que você precisa conhecer sobre a tireoide

Assim, quando esses hormônios são produzidos corretamente, eles contribuem para o bom funcionamento do coração, do fígado, do cérebro, do intestino e dos rins.

No entanto, para isso seja possível, é necessário que a glândula hipófise, produza o hormônio chamado TSH. Afinal de contas, ele é essencial para que a tireoide funcione adequadamente, contribuindo para os hormônios T3 e T4 sejam produzidos.

Portanto, para saber mais sobre esse assunto, assim como tirar várias dúvidas também, listamos abaixo 10 coisas que você precisa conhecer sobre a tireoide. Dessa forma, continue lendo.

DESCUBRA AQUI 10 COISAS QUE VOCÊ PRECISA CONHECER SOBRE A TIREOIDE

Muitas pessoas não dão a devido importância para a tireoide. Ainda que se trate de algo fundamental em nosso corpo. Afinal de contas, a maioria desconhece a real importância dessa glândula.

Sendo assim, para você não se esquecer mais de quão necessária ela é, listamos abaixo 10 coisas muito importantes que você precisa conhecer sobre a tireoide. Acompanhe abaixo:

1 – Sinais de que há algum problema na tireoide

Existem vários problemas muito comuns, que é normal as pessoas não associarem à tireoide. Afinal de contas, vários desses problemas também estão relacionados com a rotina corrida em que vivemos hoje em dia, com o cansaço físico, estresse, acúmulo de serviço, e coisas do tipo.

Portanto, os problemas mais comuns são, por exemplo: ansiedade, irritabilidade, bócio inchado, problemas relacionados à memória, aumento de colesterol, mudanças nos olhos, ganho ou perda de peso, por exemplo.

Por isso é tão importante ficar atento, principalmente por serem problemas comuns. Afinal de contas, eles podem passar despercebidos. Dessa forma, você consegue identificar corretamente a causa do problema, para poder iniciar o tratamento adequado o quanto antes.

2 – Problemas mais comuns

Os distúrbios mais comuns causados pela tireoide acontecem, principalmente, pelo excesso ou pela ausência de T3 e T4. Portanto, confira abaixo quais são eles:

  • Hipotireoidismo: esse problema surge quando esses dois hormônios, T3 e T4, não estão sendo produzidos em quantidade suficiente para atender à necessidade do organismo.
  • Hipertireoidismo: se o TSH estiver sendo produzido em grande quantidade, o nosso organismo, então, tende a produzir mais T3 e de T4 que o nosso corpo necessita. Dessa forma, o excesso desses dois hormônios leva ao Hipertireoidismo.

3 – Uma boa alimentação ajuda no correto funcionamento da tireoide

Manter uma dieta saudável contribui para o controle da produção de hormônios. Porém, é preciso ficar atento ao consumo de alguns alimentos, pois eles ajudam a aumentar o volume da tireoide naqueles pacientes que possuem algum tipo de problema na mesma.

Por isso, o recomendado é que eles não sejam consumidos mais que duas vezes ao dia. São eles: soja, repolho, couve e nabo.

4 – Mulheres são as mais afetadas por problemas na tireoide

De acordo com pesquisas, os problemas da tireoide são mais comuns em mulheres. No entanto, ainda não se sabe ao certo o motivo. Porém, pesquisadores acreditam que seja por questões hormonais ou genéticas.

5 – Tireoide na gravidez

A tireoide é ainda mais exigida durante a gravidez do que antes de a mulher engravidar. Dessa forma, ela já faz parte da fisiologia de uma gestação. Ao passo que a glândula tireoide do bebê já começa a funcionar normalmente a partir de 20°.

6 – Problemas da tireoide podem dificultar uma gravidez

Os hormônios em excesso podem acabar impactando na fertilidade da mulher que deseja engravidar. Dessa forma, eles podem impedir uma gravidez, ou levarem ao aborto por alterações no feto.

7 – O exame de hormônio TSH

De acordo com médicos, esse exame deve ser um dos primeiros a serem realizados em uma gestante. Afinal de contas, ele serve para avaliar as chances que a grávida apresenta de desenvolver um problema na tireoide. Além disso, ele também serve para diagnosticar algum problema que a gestante possa ter.

O exame de TSH deve ser um dos primeiros a serem realizados em uma gestante. - TIREOIDE: 10 COISAS QUE VOCÊ PRECISA CONHECER

O exame de TSH deve ser um dos primeiros a serem realizados em uma gestante.

8 – Início do tratamento em gestante

Se for detectado algum problema na tireoide, é necessário iniciar o tratamento imediatamente. Pois ele é essencial não só para a saúda da mulher, como também do bebê.

Assim, a dose indicada para a ingestão diária do hormônio tireoidiano deve ser ajustada conforme a gravidez for evoluindo.

9 – Quando o problema continua após o parto

Dessa forma, caso a mulher continue apresentando o problema depois do parto, ela deve dar continuidade ao tratamento. Afinal de contas, o hormônio tireoidiano não causa nenhum problema ao bebê. Sendo assim, ela pode continuar se tratando, e amamentar o bebê normalmente.

10 – Atenção!

Por fim, pode acontecer de os níveis hormonais tireoidianos voltarem ao normal depois do parto. No entanto, é importante ficar atenta. Afinal de contas, as mulheres que tiverem o problema na gravidez têm grandes chances de apresentarem novos distúrbios na glândula.

Você gostou do post? Então, deixe o seu comentário e compartilhe com os seus contatos.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!