AÇÚCAR – OS PERIGOS DO EXCESSO PARA A SUA SAÚDE

O açúcar é dos principais inimigos de uma alimentação saudável. Pelo menos é o que dizem os especialistas.

Mas, será que há uma quantidade segura desse alimento que podemos consumir diariamente?

O fato é que em excesso realmente faz mal para a saúde. Afinal de contas, ele não só promove o aumento de peso, como também contribui para o desenvolvimento de uma série de doenças.

Por isso, no post de hoje, falaremos sobre Açúcar – Os perigos do excesso para a sua saúde, para você tirar todas as suas dúvidas. Continue lendo.

QUAIS SÃO OS PRINCIPAIS MALEFÍCIOS DO AÇÚCAR?

A obesidade está diretamente relacionada ao consumo excessivo de açúcar - AÇÚCAR – OS PERIGOS DO EXCESSO PARA A SUA SAÚDE
A obesidade está diretamente relacionada ao consumo excessivo de açúcar

A ingestão, em especial o açúcar refinado, está diretamente relacionada à obesidade, e à vários outros problemas de saúde.

Por isso, para ter um corpo mais saudável, é fundamental evitar não só o consumo em excesso de açúcar, como também dos alimentos com alto teor desse elemento, como doces, bolos, refrigerantes e etc.

Portanto, o consumo em excesso e frequente por favorecer o surgimento de uma série de doenças, conforme listamos abaixo:

• Obesidade e doenças do coração

Já foi comprovado que o consumo em excesso causa obesidade. Hoje em dia, esse problema já é considerado como uma epidemia mundial.

Além disso, a obesidade é um fator de risco para o surgimento de inúmeras outras doenças, como os problemas cardíacos, principalmente

• Diabetes

Após serem ingeridos, açúcar e carboidrato se convertem em glicose em nosso organismo. Dessa forma, eles são utilizados como fontes de energia pelo o nosso corpo.

No entanto, o consumo exagerado pode levar o organismo a apresentar resistência à insulina, responsável por retirar a glicose do sangue, e enviá-la para as nossas células, para que possa ser estocada ou usada.

Dessa forma, ele permanece na corrente sanguínea, aumentando o risco de diabetes e de problemas cardiovasculares.

• Câncer

Segundo estudos, altas taxas de açúcar no sangue podem elevar o risco de um câncer colorretal nas mulheres. No entanto, ainda não é possível explicar o motivo.

O que os pesquisadores já descobriram é que as pessoas que apresentam alterações metabólicas (como é o caso da hipertensão e o colesterol, por exemplo) e o peso em excesso, têm mais chances de desenvolvem câncer.

E o açúcar é um elemento que contribui para a ocorrência desses problemas relacionados.

• Promove o envelhecimento precoce

O açúcar é capaz de acelerar um processo denominado glicação, que é um dos causadores do envelhecimento precoce das células.

Assim, o que é acontece é que a glicose do açúcar se une a uma molécula de proteína, causando a glicação. Com isso, a pele fica com aspecto mais enrijecido, prejudicando a sua elasticidade.

• Açúcar vicia

Várias evidências já demonstraram que ele tem alto potencial de viciar as pessoas. Isso de dá pelo fato de que, tanto o açúcar quanto os demais alimentos processados, promoverem um aumento elevado de dopamina no cérebro, alterando o seu funcionamento.

• Problemas de memória

O consumo em excesso de açúcar também pode levar à problemas de memória, comprometendo, portanto, a capacidade de aprendizagem do indivíduo.

Quando uma pessoa consome muito açúcar, o seu organismo cria uma resistência à insulina. Dessa forma, acaba prejudicando a comunicação entre as células do cérebro responsáveis tanto pela memória, quanto pela capacidade de aprendizagem.

• Cárie

A cárie é mais um exemplo do perigo relacionado ao excesso de açúcar. Assim, quanto mais açúcar ingerido, maior a chance de uma pessoa desenvolver cáries.

Esses são apenas alguns dos problemas relacionados ao excesso de açúcar.

QUANTO AÇÚCAR POSSO INGERIR POR DIA?

O açúcar pode ser encontrado em vários tipos de alimentos. Até mesmo nas frutas. Assim como a ingestão de outros tipos de carboidratos também.

Porém, de acordo com a OMS (Organização Mundial de Saúde), a quantidade segura que pode ser consumida por dia é de 25 gramas, o que equivale a 5% da alimentação de uma pessoa.

No entanto, essa quantidade é apenas uma referência, pois pode variar de uma pessoa para outra, conforme o sexo, idade, peso altura, e vários outros fatores.

Mas, eu devo parar de consumir frutas?

Não. A questão é manter uma dieta equilibrada. Dessa forma, você não deixa de consumir alimentos importantes para a saúde, e evita o consumo excessivo daquilo que pode trazer prejuízos.

Afinal de contas, o açúcar também é responsável por fornecer ao nosso organismo a glicose que precisamos. Ela ajuda tanto no funcionamento dos rins, como do cérebro, da retina, e etc. Porém, o consumo deve ser moderado.

COMO SUBSTITUIR O AÇÚCAR NA DIETA

O consumo em excesso pode levar à ocorrência de todos os problemas citados acima, dentre vários outros. No entanto, existem alguns produtos que podem ser consumidos em substituição ao açúcar.

Porém, esses alimentos também devem ser consumidos com moderação, afinal de contas, tudo em excesso pode causar algum problema.

Confira abaixo:

  • Mel: um tipo de adoçante natural, produzido pelas abelhas. Além disso, o mel é fonte de muitos nutrientes importantes para a saúde, como magnésio, potássio, ferro e cálcio, por exemplo. Bem como também possui ação antioxidante.
  • Açúcar de coco: esse produto possui um índice glicêmico baixo. Por isso, ele também é uma ótima opção para substituir o açúcar comum.
  • Stevia: outro exemplo de adoçante de origem natural. É possível encontrar não só em lojas de produtos naturais, como também em supermercados e farmácias, na forma de pó ou de gotas.
  • Xilitol: feito do álcool de retirado de vegetais, de frutas, de algas marinhas e de cogumelos. Ele possui baixo índice glicêmico, e adoça tanto quanto o açúcar comum.
Você pode substituir o açúcar pelo mel. - AÇÚCAR – OS PERIGOS DO EXCESSO PARA A SUA SAÚDE
Você pode substituir o açúcar pelo mel.

Como vimos, o seu consumo em excesso é muito prejudicial à saúde.  Sobretudo o açúcar refinado, que possui o índice glicêmico ainda maior.

Por isso, ele aumenta ainda mais rápido os níveis de glicose no sangue. Sendo assim, quanto mais refinado ele for, mais rápido ele aumenta a glicose. Consequentemente, mais prejudicial ele é para a saúde.

Por isso, para ter uma vida mais saudável, é preciso evitar a ingestão de muito açúcar, assim como também de alimentos com alto teor desse produto.

Esse artigo foi útil? Não deixe de comentar e de deixar sugestões